(48) 3028-7070
Ortopedia e Cirurgia da Coluna

Artrodese lombar menos invasiva técnica miniopen

Por Gustavo. 07 de março, 2015. Comente este post

O dano aos músculos eretores da espinha e principalmente ao músculo multifidus, pela técnica tradicional com incisão na linha média e reinserção muscular, pode ser implicado com uma das causa de dor pós-operatória crônica nas cirurgias de coluna vertebral e da chamada síndrome pós laminectomia.

Estudos recentes sugerem que a cirurgia de artrodese lombar, uma das cirurgias mais realizadas pelo cirurgião especialista de coluna, já pode hoje ser realizada com sucesso com menor agressão, preservação das estruturas fisiológicas e da musculatura posterior. Denominada artrodese lombar menos invasiva ou MIS-TLIF (sigla americana), esta técnica tem se destacado por permitir recuperação mais rápida ao paciente com menor sangramento e menor intensidade de dor no período pós-operatório.

Visão transversal comparativa acesso menos invasivo e tradicional

As diferenças entre as abordagens tradicional e a minimamente invasiva

Foi realizado nos dias 5-6 de março de 2015, em Novo Hamburgo/RS, coordenado pelo Dr. Fernando Schmidt, o curso “Artrodese lombar menos invasiva com associação da técnica MINIOPEN, com afastadores convencionais e parafusos pediculares percutâneos”, que contou com a participação do Dr. Gustavo Carriço, que realiza a artrodese lombar menos invasiva, desde o ano de 2012. Foram realizadas cirurgias ao vivo com participação de diversos médicos, aulas teóricas e treinamento em modelos iguais a coluna vertebral do humano.

image

Tratamento de dor lombar, hérnia de disco, Dr. Gustavo Carriço, Florianópolis/SC

Clinica CORE – ORTOPEDIA E CIRURGIA DA COLUNA

Artrodese de coluna lombar – tratamento de hérnia de disco

404
Dr. Carriço - Clínica da Coluna Vertebral, R. Idalina Pereira dos Santos, 67, sala 406, Agronômica, Florianópolis/SC, Fone 48 3028-7070
Horário de atendimento: 08:00 às 12:00 e 13:00 às 17:00