(48) 3028-7070
Ortopedia e Cirurgia da Coluna

É preciso repouso após cirurgia na coluna?

Por Gustavo. 02 de maio, 2016. Comente este post

Após uma micro-discectomia lombar (retirada da hérnia de disco) existe uma crença popular de que todas as atividades futuras devem ser restringidas. Porém cada vez mais  surgem evidências que após uma cirurgia de retirada simples de hérnia discal (sem fusão ou sem colocação de material), os pacientes estarão aptos a realizar todas as atividades que estavam acostumados a realizar.

A ciência médica está em constante evolução, assim como também as técnicas cirúrgicas e a compreensão das patologias. Trinta anos atrás um paciente operado de hérnia de disco permanecia vários dias acamado no hospital. Caminhar após a cirurgia era visto como um evento e era costumeiro acontecer somente no terceiro dia após o procedimento. Hoje em dia, os pacientes caminham nas primeiras 24 horas, e alguns nem dormem no hospital.

Houve portanto uma mudança na maneira de conduzir o pós-operatório, assim como as recomendações para este período.

Tradicionalmente, após uma cirurgia de simples retirada de hérnia de disco lombar, o paciente era orientado a ficar dias em repouso absoluto esperando a cicatrização dos tecidos, e era proibido pegar peso ou inclinar o tronco para frente durante alguns meses, senão para sempre.

Porém, diversos estudos, desde meta-análises a publicações que envolveram análises retrospectivas, mostram que a real necessidade de restrição e reabilitação durante as primeiras seis semanas ainda é inconclusiva.

A indicação e quando deve ser iniciada a fisioterapia ainda é também controversa, há estudos que sequer indicam ou apresentam evidências de que o paciente operado deva ser encaminhado a fisioterapia, alegando que uma vez que o fragmento que comprimia o nervo foi removido, não há mais necessidade de reabilitação para o nervo.

Na prática porém, sabe-se que a reabilitação trabalha na orientação e conscientização corporal com o objetivo de tratar a causa da hérnia, em geral, a perda da lordose lombar, a mudança de eixo na coluna vertebral e as compensações musculares. Muitos médicos, e me incluo neste grupo, hoje em dia liberam seus pacientes para retorno a todas as atividades após 4-6 semanas de cirurgia, com início da fisioterapia já na segunda semana. Um bom parâmetro ao meu ver é a cicatrização da pele. Enquanto a ferida não estiver bem seca, e isso pode levar 2-4 semanas, o disco provavelmente não estará bem cicatrizado, e este período merece ser respeitado.

reabilitacao sci

É importante destacar que recidivas podem acontecer devido a continuidade das lesões e não devido a cirurgia, embora numa região recém mexida, um novo fragmento de hérnia possa procurar o mesmo caminho da lesão antiga. O paciente precisa então entender que deve haver uma mudança em sua consciência postural, cuidados com a alimentação, participar de alguma prática esportiva supervisionada. Este são métodos muito mais seguros de obter o sucesso após uma cirurgia de coluna do que repouso e ficar restrito das atividades eternamente.

Se você foi ou vai ser submetido a uma cirurgia para remoção de uma hérnia de disco, realizada por mãos habilidosas e experientes, seja por método percutâneo (aspirativo ou vídeo) ou aberto (mini-open ou tradicional) é muito provável que você retorne a todas as atividades. Entretanto, cada caso varia de indivíduo para indivíduo, e os cuidados para a sua situação devem ser discutidos com o seu médico.

Dr. Gustavo Carriço de Oliveira

Médico ortopedista e cirurgião de coluna em Florianópolis, Santa Catarina

404
Dr. Carriço - Clínica da Coluna Vertebral, R. Idalina Pereira dos Santos, 67, sala 406, Agronômica, Florianópolis/SC, Fone 48 3028-7070
Horário de atendimento: 08:00 às 12:00 e 13:00 às 17:00