(48) 3028-7070
Ortopedia e Cirurgia da Coluna

Tocar guitarra pode fazer mal a coluna?

Por Gustavo. 07 de novembro, 2015. Comente este post

Tocar guitarra ou violão pode ser doloroso, principalmente se a atividade é praticada durante muitas horas seguidas. A coluna cervical costuma ficar em flexão, e isso pode causar desconforto, além de sobrecarregar o disco intervertebral, com consequente perda do alinhamento da coluna (lordose fisiológica) e tensão muscular.

Para tirar a dúvida sobre a existência de evidências científicas acerca do tema, realizamos pesquisa na literatura médica (MEDLINE/LILACS) sobre a possível correlação da prática de instrumentos musicais e possibilidade do desenvolvimento de problemas de coluna.

RESULTADOS: Existem na verdade diversos estudos com violinistas, como os publicados em 2013 no J Biol Regul Homeos Agents, comprovando a maior chance de problemas músculo-esqueléticos entre os violinistas, e o publicado no Arch Phys Med Rehabil, destacando além da dor cervical, as alterações motoras e sensoriais presentes nos violinistas.

Em relação aos praticantes de guitarra contudo, não foram encontrados estudos específicos. Chamou a atenção somente o trabalho publicado em 2001 na revista Spine, pelo grupo do Departmento de Epidemiologia e Bioestatística da McGill University, no Canadá, intitulado “Risk Factors for the Development of Neck and Upper Limb Pain in Adolescents”. A pesquisa avaliou 810 estudantes durante 12 meses na pesquisa de possíveis fatores de risco para dor cervical, e entre os 79 estudantes praticantes de guitarra ou violão, a prática de instrumento musical não foi identificado como fator de risco, já que este grupo não apresentava mais dor que o grupo controle.

Conclui-se portanto que, até o presente momento, não existe comprovação de que tocar guitarra ou violão possa fazer mal para a coluna.

Mesmo assim, destacamos dicas importantes para os músicos em geral:

  1. Confira a altura de sua cadeira. O assento muito alto pode fazer com que o tronco se incline para frente e isso pode não ser bom para a lombar. Assentos rígidos ou duros também não são recomendados.
  2. Assegure-se que sua partitura ou tablatura está numa altura adequada, movimente os pés com frequência, e realize exercícios de alongamento periodicamente. O maior vilão do músico é a dor muscular, portanto realize alongamentos!
  3. Cuidado para não ir se projetando para a frente, como dito, isso pode sobrecarregar a lombar.
  4. A prática de atividades esportiva ou de lazer é indicada. E lembre-se, que a saúde mental é o maior segredo para se evitar dores no corpo.
  5. Invista na sua qualidade de sono. O músico é submetido a sobrecarga de mente e corpo, ter um período para relaxar e descansar é fundamental!

Dr. Carriço – Clínica da Coluna Vertebral – Clínica CORE

Médico especialista de coluna, ortopedista e cirurgião de coluna

Florianópolis – Santa Catarina

“Sometimes you want to give up the guitar, you´ll hate the guitar. But if you stick with it, you´re gonna be rewarded.” Jimi Hendrix

404
Dr. Carriço - Clínica da Coluna Vertebral, R. Idalina Pereira dos Santos, 67, sala 406, Agronômica, Florianópolis/SC, Fone 48 3028-7070
Horário de atendimento: 08:00 às 12:00 e 13:00 às 17:00